Empresas Parceiras

FEMININO 

                              

A parceria da Rede LUCAS de Supermercados com o Basquete de Tupaciguara foi o marco para a plena efetivação das metas traçadas no Projeto Cesta Mágica. Ela surgiu no início de 2009, após algumas reuniões com o empresário Divino Nascimento (in memorian), quando foram debatidas todas as vertentes do plano de ação e, especialmente, seu cunho filantrópico na comunidade, fato este decisivo no apoio incondicional dessa bem-sucedida empresa tupaciguarense.

A partir daí, ficou definido que a Rede LUCAS de Supermercados seria parceira exclusiva do Basquete Feminino, dando o suporte necessário na execução deste projeto às equipes de base: pré-mini, mini, sub-13, sub-14, sub-15 e sub-17.

 

MASCULINO

                                                 

No segundo semestre do ano de 2010, os empresários Hugo Bergamo e Izabel Garcia, da tradicional empresa Areia Bergamo, vislumbraram uma parceria com o Projeto Cesta Mágica, por acreditarem no poder transformador que o esporte exerce sobre os jovens, principalmente nos dias de hoje, onde o “mundo” oferece coisas terríveis e prejudiciais à formação dessa juventude.

Nesse sentido, o basquete masculino, nas categorias: sub-13, sub-15 e sub-17 foi agraciado pela adesão da Areia Bergamo ao projeto, permitindo aos meninos de Tupaciguara uma maior qualidade nos treinamentos, no material utilizado e, inclusive, pela possibilidade de se ter um professor exclusivo para esse naipe.                                    

 

                                               

A Bioenergética AROEIRA, empresa instalada em Tupaciguara, veio somar forças a esse ideal constante de investir na capacidade dos jovens do município.

A partir do seu programa de responsabilidade socioambiental, a Bioenergética AROEIRA reforça seu plano de ação no sentido de garantir aos tupaciguarenses um desenvolvimento auto-sustentável; e é nesse contexto que se encaixa o projeto Cesta Mágica, quando se preocupa também com a melhoria da qualidade de vida de sua comunidade, principalmente dos seus jovens.

 

 

                                         

Os empresários Armando e Kátia abraçaram o Projeto Cesta Mágica, no início de 2015. O casal, além de fomentar a construção do sonho da casa própria de inúmeras famílias, realiza também atividades sociais em nosso município – um ato nobre e digno de respeito.

A preocupação com o futuro dos nossos jovens veio a contribuir com a efetivação dessa parceria que traz muitos benefícios para os atletas, seus familiares, enfim, para toda a sociedade tupaciguarense.

 

                                     

                                               

O Engenheiro Florestal e agora parceiro, Sr. Carlos Gilberto, é natural de Franca/SP e trabalha há alguns anos em Tupaciguara, no setor de venda de touros com a distinta empresa "Nelore Santa Mônica".

Como se não bastasse o apoio com preciosas informações e materiais esportivos advindos de Franca - a capital do basquete brasileiro, Cajuba (como é carinhosamente chamado por todos) veio somar forças às equipes masculinas do Projeto Cesta Mágica, de modo direto e efetivo.

É uma honra tê-lo como parceiro, Cajuba. Gratidão pela oportunidade e carinho despojados aos nossos “pequenos” atletas.  

 

 

                        

Por intermédio de sua empresa, a recém inaugurada Rede Minas Farma, o jovem empresário e farmacêutico Rafael Alves da Silva Castro aliou-se ao Projeto Cesta Mágica no início de 2018, vislumbrando levar ainda mais o bem estar ao cidadão tupaciguarense, especialmente ao jovem desportista.

Assim como em seus negócios, ligados diretamente à saúde, Rafael acredita que o esporte fomenta a formação integral do jovem, além de ajudar na promoção da saúde e prevenção de doenças relacionadas ao sedentarismo. Por esse motivo, ele carrega consigo os valores de assistência fraterna, especialmente àqueles ligados a determinados grupos de risco.

Seja bem vindo à família Cesta Mágica!