fique por dentro

Projeto Cesta Mágica é Vice-Campeão na XVIII Copa de Basquete em Santa Vitória

As equipes de basquete sub-15 do Projeto Cesta Mágica, naipes masculino e feminino, conquistaram o vice-campeonato na XVIII Copa Intermunicipal de Basquete, na cidade de Santa Vitória, realizada de 16 a 18 de novembro de 2018.

Desde 2003 Tupaciguara participa da CIB de Santa Vitória; essa que é uma das mais importantes e tradicionais competições da região. Este ano contou com a participação das cidades de: Araguari, Ituiutaba, Uberaba, Tupaciguara, além da anfitriã, Santa Vitória.

Foram três dias intensos, com jogos acontecendo simultaneamente, de sexta-feira até domingo.

As campanhas das duas equipes tupaciguarenses foram praticamente idênticas. Tanto o time masculino quanto o feminino terminaram a etapa classificatória em segundo lugar. Nessa fase, as garotas foram derrotadas por Araguari e obtiveram triunfos contra Ituiutaba e Santa Vitória. Já os garotos, tropeçaram contra Uberaba e venceram, na sequência, Ituiutaba e Santa Vitória. A segunda colocação, desta forma, rendeu uma vaga na grande decisão no domingo para ambas as equipes do Projeto Cesta Mágica.  

Domingo, por volta das 8:00h da manhã, os dois times femininos finalistas entraram em quadra para realizar o embate final. Tupaciguara iniciou bem sonolento o jogo, com falhas na marcação e ineficiente sistema ofensivo, deixando, assim, Araguari abrir um pouco o placar. Já no segundo período, a partida tornou-se mais equilibrada, dando a perceber que continuaria assim até o final. Porém, isso não aconteceu e, nos dois últimos períodos, o selecionado araguarino recuperou sua consistência de marcação, para vencer o torneio de forma invicta. Vale ressaltar que a equipe tupaciguarense, do técnico Márcio Júnior, é formada por atletas sub-14, enquanto que o time adversário tem como base atletas sub-15, o que torna esse vice-campeonato ainda mais significativo.

Na sequência, Tupaciguara e Uberaba travaram um grande duelo na final do sub-15 masculino. Com início de jogo bem parecido com o da fase classificatória, os dois primeiros quartos foram de alternância de placar e altos e baixos para os dois times. No entanto, apesar da luta e superação demonstrada durante todo o torneio, a equipe do Projeto Cesta Mágica, comandada pela treinadora Mayra Ribeiro - que não pôde contar com a presença de três reforços de Araguari, por conta das regras da competição -, não resistiu à ótima equipe uberabense que teve seu mérito na conquista do torneio. Raça e força não faltaram aos garotos de Tupaciguara que, com uma equipe base ainda sub-14, tem muito ainda a conquistar.

Essa deve ter sido a última competição para os atletas do Projeto Cesta Mágica em 2018. Os resultados obtidos durante o ano são mais que satisfatórios. Das 14 competições disputadas até o momento, Tupaciguara simplesmente chegou em 14 finais, em distintas categorias e naipes. Esses resultados comprovam que o caminho percorrido até aqui não foi em vão.

Atletas, pais, parceiros e patrocinadores, vocês são os responsáveis por essas conquistas e por valorizarem um projeto de vida que tem o esporte como sua maior e mais eficaz ferramenta de transformação social.